quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Lento

Outra: não éramos juntos então, mas andamos tão longínquos agora, que é realmente cada continente ancorando num ponto específico do mapa, so long Pangéia!, a ocasião de uma ou outra fronteira e só (digamos que se trate de um tempo emocional muito antes do trem-bala).

(trecho de "Todo Mundo", texto que estou aprontando para uma zine duns amigos meus de Curitiba.)

5 comentários:

tiago disse...

e!

Marco disse...

biêcho, gostei deveras da tradução da nyro. "houve vez" ficou bacana, boa escolha vocabular.
dia desses achei um vídeo dela no youtube, tocando stoned soul picnic só ao piano (essa canção atua como dorflex auditivo para mim). e um dos 5th dimension cantando a mesma com roupas ultracoloridas e sorrisões com dentões no johnny carson.
e aquela capa do "eli and..." não éa mais linda daquela época?
foraisso, estou num dylaniasmo terrível, escutando blonde on blonde 7 vezes por semana.

bb disse...

tã lin a curadori :* sau

AFONSO ALVES disse...

OLÁ CURADOR.
PASSO PARA REGISTRAR MEU APREÇO/AFINIDADE POR SUA POESIA.

Nome de quem? disse...

Um único continente que se separou depois? Dizem que ele ainda continua a se separar... Será que é igual ou igualmente diferente a sua descrição? Talvez seje diferentemente igual. Quem sabe além de ti o que tu mesmo sente?