terça-feira, 4 de setembro de 2007

Pitonisa


pra Hilda

não acredito
que nunca mais vou arrumar
tuas estantes

2 comentários:

héber sales disse...

epa! cadê o resto do poema
que estava aqui?

Nome de quem? disse...

Mecanismos de defesa de Freud, muito comuns... principalmente a negação.