sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Um Reencontro


peso em teu corpo um gosto
da tua leveza, grupo de festa,
carnê de baile, volta

de serpentina de outros carnavais,
afinal, eu me equivocara,
acabou a temporada do medo,

escusado tudo que não é
minha vida, você me vai
muito suave

Um comentário:

Sergio B. disse...

Esse é o Ismar!!

Demais!