sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Amígdalas


estou na Televisão
mas isto são folias de óptica
estou contra o escuro de pijama verde
verde refletido de pedras preciosas ou de águas
que banham costas as mais exóticas
o verde há de me lembrar qualquer coisa

doem-me as amígdalas
como que encruadas de pedras preciosas
pejo precioso que faz
silêncio
estou contra os lençóis mornos
mantas como bichos preciosos
que mortos viram
mantas
e fixo em meu próprio silêncio
estou contra a imagem que me faço
de esquimó
como Anthony Quinn
em fita de Nicholas Ray
caso é que as palavras
não são assim tão poucas
tampouco assim
sorridas

por exemplo
leio no jornal
os ursos brancos estão condenados
não hão de durar
o século fronteiro
nada fizeram de mal
os ursos brancos
nada fizeram de mal
os que não vão durar
o século fronteiro
mas estas mãos

Um comentário:

leonardo disse...

Sinistro